sexta-feira, 2 de abril de 2010

HOJE É DIA DE MAGIA!




Hoje é dia de diversão. Para os espectadores e para os "Anjos" desse espetáculo. Hora de colher o fruto de tudo aquilo que plantamos. A dedicação e o esforço de cada um serão recompensados em cena, segundo aquilo que deram de si, sob o calor dos refletores que derramam sobre cada um de nós um pouco da inquietude do ser. Para SER é preciso ESTAR e para ESTAR é preciso ir a algum lugar. Fomos a tantos que, agora, já nem sei mais por onde deixamos de caminhar. Acho que o maior orgulho que tenho é de ver que todos nós fizemos algo em prol do nosso propósito mor (o espetáculo). Ver os atores se esforçando não só na cena, mas também nos bastidores, é motivo de muito orgulho. E nada melhor do que isto para tornar um espetáculo inteiramente seu... Como já disse aqui, GOSTO DE SENTIR QUANDO UM ESPETÁCULO NÃO É MAIS MEU... Hoje, gostaria de salientar, que nesse dia tão esperado pelos nossos "Anjos", acontecerá algo realmente especial. Hoje, os anjos deixam de serem meus para serem unicamente daqueles que o fazem e do mundo. Toda a minha torcida para que acertem o que tanto ensaiamos e buscamos durante todo esse tempo estará vista em meus olhos, é verdade (isso sempre acontece, diga-se de passagem).  Mas no dia em que mais esse filho nasce, no calor dessa maternidade, isso aflora de uma maneira especial, meio anti-natural e, por vezes, até anormal, porque apesar de todo diretor (ou pai) querer cuidar o tempo inteiro da sua cria, na hora H, quem manda é o ator (esse filho libertino que em algum momento tomará as rédeas de sua própria vida). Essa é a magia do teatro. Nada posso fazer a não ser torcer, torcer, torcer e rezar para que tudo dê certo. E dará! Certo estou que todos darão o seu melhor... E o melhor desses artistas o público verá, mesmo porque o melhor deles foi explorado até a ultima gota.  Quando pensavam que faziam, sempre vi que podiam fazer um pouco mais... E um pouco mais trabalhei para retirar o melhor de cada um... Agora é com eles, os "Anjos" que certamente nossos espectadores não se esquecerão... Jamais!

Boa Ceia, Bom Jantar... Boa festa de partilha para todos aqueles que estiverem por lá ouvindo as canções desses "Anjos" que cantarão como loucos aos seus ouvidos e diante de cada olhar.

Anjos, hoje é o início de algo que não termina nunca, nem mesmo quando acabar.


Agradeço a todos pela gana de realizar... Quem quer consegue, quem planta colhe e quem batalha com fé, em algum momento oportuno vencerá!


Do Anjo Onipresente e Onisciente
Oscar Calixto

Um comentário:

  1. Lindo! Parabenizo a todos pelo espetáculo inesquecível! Bravo! Brevíssimo!

    ResponderExcluir